04 novembro 2014

Desistir Não É Tão Ruim

"O Lado Bom de Desistir" (Capítulo 9) do livro Pense como um Freak 

TESE: As vantagens de desistir na hora certa.

As três forças que impedem de o sujeito desistir:

1.ª) Desistir é revelar-se um covarde, um fujão, pessoa de pouco caráter;

2.ª) Conceito de custos irrecuperáveis. Tem-se a impressão que o dinheiro foi jogado fora;

3.ª) Focar custos concretos, sem dar muita atenção aos custos de oportunidade. Custo de oportunidade é o que poderíamos estar fazendo no lugar daquilo que estamos fazendo.

O fracasso não deve ser considerado como perda total. 

"Na medicina, na ciência, se alguém seguir um caminho que se revela sem saída, terá dado uma real contribuição, pois saberemos que não será mais preciso percorrer o mesmo caminho." (Michael Bloomberg, ex-prefeito de Nova York)

"É da própria natureza da invenção que a maioria das ideias não funcione." (Geoff Deane, diretor do laboratório da IV (Intellectual Ventures))

Os autores criaram um site, chamado Freakonomics Experiments, para que as pessoas entregassem os seus destinos nas mãos deles. 

ESTÁ COM ALGUM PROBLEMA?

Às vezes você enfrenta decisões importantes na vida e não sabe o que fazer. Já estudou a questão sob todos os ângulos. Mas, qualquer que seja a perspectiva, nenhuma decisão parece acertada. 

No fim, qualquer que seja a escolha feita, será basicamente como ter jogado uma moeda para o alto.

Ajude-nos a fazer com que o Freakonomics Experiments jogue essa moeda para você. 

Exatamente: nós pedíamos que as pessoas nos deixassem decidir seu futuro jogando uma moeda para o alto. 

Em poucos meses, mais de 40.000 candidatos pediram para jogarmos a moeda para cima.

A capacidade de desistir está no cerne da possibilidade de pensar como um Freak. Se a palavra ainda assusta, substitua por "desapegar".

Fonte de Consulta

LEVITT, Steven D. e DUBNER, Stephen J. Pense como um Freak. Tradução de Clóvis Marques. Rio de Janeiro: Record, 2014. 






Nenhum comentário: