24 maio 2016

Desafios do Governo Temer no Roda Viva de 23/05/2016



Discutimos, entre outros assuntos, as medidas anunciadas pela nova equipe econômica, as mudanças na configuração do ministério, a proposta de política externa, a articulação com o Congresso e as perspectivas para as ações sociais e também das pastas de Educação e Saúde.

Bancada:
• Alexandre Schwartsman – economista e ex-diretor da área internacional do Banco Central
• Mara Gabrilli – deputada federal do PSDB de São Paulo
• Paulo Frateschi – professor de ciências sociais e fundador do PT
• Gaudêncio Torquato – consultor político e professor de comunicação política da USP 
• Flávio Galvão – ator
ver mais

17 maio 2016

Delcídio do Amaral no Roda Viva de 16/05/2016



Um dos principais delatores da Operação Lava Jato, o senador cassado Delcídio do Amaral (sem-partido-MS) afirmou nesta entrevista que o PT tornou "sistêmica" a corrupção na Petrobras e que o PMDB teve papel "proeminente" no petrolão.

Segundo Delcídio, já havia corrupção em estatais em governos anteriores ao PT, mas com a chegada da legenda ao poder "começou a haver uma espécie de atuação sistêmica nas diretorias e atuação partidária muito mais ampla, concatenada, com participação das principais lideranças partidárias que compunham a base do governo Lula e Dilma. Deu no que deu".
ver mais

16 maio 2016

Política e Revolução da Informação

A comunicação de mentiras pelos meios de comunicação está sofrendo uma concorrência muito grande, principalmente pela multiplicação de  computadores e telefones celulares conectados à internet. Cada indivíduo busca a informação que lhe aprouver; depois, caso ache interessante, divulga nas mídias sociais. 

O objetivo desta nota é realçar a importância do pensamento liberal. 

De acordo com João Cesar Melo

"O Instituto Liberal e o Instituto Mises são cada dia mais visitados. Nos dias que antecederam o impeachment, os quatro sites de política mais visitados são de direita, representando nada menos do que 40% do número total de acessos. A terceira posição nesse ranking é ocupada pelo Spotniks, protagonizado pelo brilhante Filippe Hermes e que conta com uma equipe de apenas dois articulistas e dois profissionais de TI, deixando para trás portais de grandes jornais e sites patrocinados pelo governo. Entre a 5° e a 25° posição, constam apenas 7 sites de esquerda, somando míseros 15% dos acessos.

Para o desgosto da esquerda, o número de visitas ao blog do Rodrigo Constantino só vem aumentando desde que ele saiu da revista Veja. No google, as buscas por matérias sobre Ludwig von Mises já superam em duas vezes as buscas por matérias sobre John Maynard Keynes. Bruno Garschagen se tornou bestseller em seu livro de estreia. Livros e artigos não alinhados ao socialismo são cada dia mais lidos, desbancando em muito as publicações relacionadas a esquerda. Dos 9 ebooks sobre política mais vendidos pela Amazon, 7 são de autores conservadores, liberais e libertários. Nunca antes na história desse país, o marxismo foi visto como algo tão velho, tão atrasado, tão mal cheiroso.

Graças a revolução da informação, os brasileiros estão percebendo as intenções totalitárias do PT e dos partidos que o apoiam; estão vendo que esses partidos também apoiam a ditadura cubana e o regime bolivariano implantado por Hugo Chávez e continuado por Nicolás Maduro, o mesmo líder socialista que disse que o impeachment de Dilma foi um golpe de estado e que dois dias depois decretou estado de exceção na Venezuela, intervindo nas empresas privadas e ameaçando prender empresários que se recusem a trabalhar para o governo. Hoje, o povão enxerga tudo isso na telinha de seu celular".



ver mais

Entrevista de Michel Temer ao Fantástico em 15/05/2016



Sonia Bridi entrevista Michel Temer.
ver mais

10 maio 2016

Júlio Marcelo de Oliveira no Roda Viva de 09/05/2016


Procurador do Ministério Público junto ao Tribunal de Contas da União (TCU), ele é autor da denúncia que levou o TCU a rejeitar as contas do governo de Dilma Rousseff, e falará sobre o que são as chamadas pedaladas fiscais e por que, na visão dele, são graves para o país.

Bancada:
Luiz Antônio Novaes - colunista de política do jornal O Globo
Heleno Taveira Torres - professor titular de Direito Financeiro da USP
Tainara Machado - repórter especializada em Macroeconomia do jornal Valor Econômico
João Gabriel de Lima - diretor de redação da revista Época
Laura Diniz - editora do site de notícias jurídicas Jota.info
ver mais

05 maio 2016

Considerações sobre a Defesa do AGU na Comissão de Impeachment




Antonio Anastasia, senador pelo PSDB, comenta os 8 pontos relevantes da defesa de José Eduardo Cardozo, Advogado Geral da União do Brasil. 



ver mais

03 maio 2016

Armínio Fraga no Roda Viva de 02/05/2016





Arminio Fraga é formado em economia pela PUC do Rio de Janeiro e doutor pela Universidade de Princeton.

Atividades: dirigiu o Departamentos de Assuntos Internacionais do Banco Central de julho de 1991 a novembro de 1992, durante o governo Fernando Collor. Depois de vitoriosas experiências no exterior, presidiu o Banco Central entre 1999 e 2002, no segundo mandato de Fernando Henrique Cardoso. Hoje, comanda a Gávea Investimentos.

O debate girou em torno da grave crise econômica pela qual o Brasil está passando. 

Armínio Fraga disse: “As origens desta tragédia remetem ao final do governo Lula, quando houve uma mudança de direção no modelo de desenvolvimento, fechando a economia e criando um Estado agigantado, mal desenhado”. Ainda: “A ideia de que a opção se dá entre fazer ajustes ou ser feliz não existe”.

Segundo Fraga, a economia está “totalmente arrebentada” ─ mas a crise ficaria ainda mais aguda se Dilma Rousseff se livrasse do impeachment. “Espero que a população tenha sido inoculada contra o populismo”, ressalvou o ex-presidente do Banco Central. “É uma ilusão pensar que este modelo resolveria o problema de todos. O país precisa crescer para diminuir a desigualdade social”.

Entrevistadores: Alexa Salomão (Estadão), Ana Clara Costa (Época), André Lahóz (Exame), Sergio Lamucci (Valor) e Vinícius Torres Freire (Folha).


ver mais

Júlio Marcelo de Oliveira, Procurador do TCU, na Comissão do Impeachment do Senado, em 02/05/2016


Os melhores momentos editados por Felipe Moura Brasil, colunista da Veja.



ver mais